Aplicativo de aluguel de motos, solução em meio a pandemia

O trabalho como entregador neste ano de pandemia virou alternativa de renda para muita gente, mas nem todo mundo que quer entrar na área tem um veículo para isso. Com o foco exatamente neste público, a startup Mottu criou um aplicativo para alugueis de motocicletas em São Paulo.⁠
A empresa começou as operações em janeiro, depois de um ano estudando o mercado de entregas, e logo depois veio o coronavírus.⁠

“E foi nessa hora que a gente entendeu que não era só o aluguel de motos que eu precisava dar para ele ganhar dinheiro. E quando a gente entendeu isso, e foi muito rápido, a gente começou a criar mais valor para eles e a gente cresceu muito”, explica Rubens Zanelatto, empresário.⁠

Com a Covid se espalhando, a startup então começou um pacote com manutenção, seguro, serviço de reboque e atendimento 24 horas.⁠

Para alugar uma moto, é preciso ter a habilitação de categoria A. A solicitação do serviço é feita por um aplicativo, onde é preciso fazer um cadastro e passar por alguns critérios de segurança e checagem de pontuação na carteira. O aluguel da moto varia entre R$ 20 e 40 por dia, quanto mais dias, menor a diária. O modelo de motocicleta é sempre o mesmo.⁠

O empresário afirma que um dos diferenciais de seu sistema são as parcerias com as empresas de delivery. “Os clientes da nossa empresa, como fazem parte dessas parcerias, os aplicativos deles tocam muito mais”, disse Zanelatto.⁠

Matéria escrita pelo jornalista: Max Tavares Fonte: www.g1.globo.com.br⁠
@portalg1 @mottu_oficial

Receba nossa pesquisa de mercado mobilístico 2021

E fique por dentro do melhor conteúdo de moto peças para a sua empresa!

Assine nossa Newsletter

E fique por dentro do melhor conteúdo de moto peças!